Porta falsa de ITETI

Porta falsa de ITETI
pedra calcária pintada PINTADO; ALTURA 360 CM, LARGURA 210 CM;
SAKKARA, TUMBA DE ITETI
ESCAVAÇÕES DE A. MARIETTE (em 1861)

A porta falsa foi um elemento indispensável da arquitetura funerária durante o Império_Antigo.

Desde a 3ª Dinastia, .
A porta falsa localizava-se na capela do túmulo voltada para o oeste e representava o ponto de contato entre os mundos dos vivos e dos mortos. Depois de cruzar o limiar, o falecido poderia retornar do reino dos mortos para recolher as oferendas que foram dispostas ao pé de sua tumba.
Quando isso faltava, o poder mágico do ritual tornava reais os objetos esculpidos na estela e em seus pregos, para garantir que o falecido recebesse o sustento que era essencial para a vida após a morte.

Iteti, conhecido como Ankhires, foi um Nobre que viveu no final da 5ª e início da 6ª Dinastia. Ele é mostrado aqui com títulos e nomes várias vezes nas ombreiras em sua autoridade como oficial do palácio.

Num poço cavado na tumba, #Mariette encontrou uma série de modelos de barcos, estátuas de madeira e oferendas de pedra que, infelizmente, eram tão frágeis que se danificaram ao serem desenterrados, mas eram objetos de enorme valor histórico no sentido de que acompanhavam o falecido durante sua existência eterna.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: